Skip to content

Bate papo entre Eduardo Marinho e Rafael Lage – República Cinema

Quer se aprofundar no tema “Malucxs de Estrada”? Assista ao bate papo entre Eduardo Marinho e Rafael Lage, que ocorreu após a exibição do corte bruto do documentário no evento da República, no RJ.

Trecho da entrevista de Robson Lira para o documentário Malucos de Estrada

É a cultura de rua invadindo sua timeline!

A liberdade sem conhecimento – Por Sidney Rocha

Será possível realizar um filme ativista e ainda assim tocar nas feridas internas do movimento que se pretende defender?

A radicalização da coerência implica em escolhas difíceis, mas acreditamos que certos aspectos da cultura da “malucada” devem ser trazidas a tona, mesmo que aparentemente possam ser utilizadas para reforçar estigmas e preconceitos tão alicerçados no senso comum.

É um risco que temos de correr…do contrário, seria apenas um filme romantizado, maquiado e sem as contradições tão presentes em nós humanos.

Para abrir essa nova narrativa, apresentamos Sidney Rocha, artesão, músico e teólogo.

E aproveitamos para apresentar a Banda Vibrações, nossa nova parceria na trilha sonora: http://www.vibracoes.com.br/

Para ouvir a música “Sincronia”:https://soundcloud.com/vibracoes/vibra-es-rasta-10-sincr-nia

O inicio – por Suéllen Sottani

Mocó – trecho do documentário Malucos de Estrada

Trecho da entrevista com Cubano para o documentário “Malucos de Estrada”.

https://www.facebook.com/belezadamargem

Atribuição — Uso Não Comercial — Compartilhamento pela mesma Licença (by-nc-sa)

Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem obras derivadas sobre a obra original, desde que com fins não comerciais e contanto que atribuam crédito ao autor e licenciem as novas criações sob os mesmos parâmetros. Outros podem fazer o download ou redistribuir a obra da mesma forma que na licença anterior, mas eles também podem traduzir, fazer remixes e elaborar novas histórias com base na obra original. Toda nova obra feita a partir desta deverá ser licenciada com a mesma licença, de modo que qualquer obra derivada, por natureza, não poderá ser usada para fins comerciais.

“Cobrança de BR” por Obelix – Malucos de Estrada

Afinal de contas, cada família tem suas regras e suas cobranças…e a ‘BR’ às vezes é dura com seus filhos…

Imagem

Entrevista do coletivo Beleza da Margem à revista Muito – Jornal A Tarde – 9/2/2014

Entrevista do coletivo Beleza da Margem à revista Muito - Jornal A Tarde - 9/2/2014

Clique na imagem para acessar a entrevista.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 204 outros seguidores